quarta-feira, 6 de janeiro de 2021

Prefeito de Pacajus torra R$ 13 milhões com empresa fantasma em 4 anos

 

Bruno Figueiredo usou dinheiro público em negócio suspeito - (Foto: reprodução)

Prefeito de Pacajus torra R$ 13 milhões com empresa fantasma em 4 anos

O prefeito de Pacajus, Bruno Figueiredo, durante quatro anos de gestão, gastou R$ 13,5 milhões com a Eco V Monitoramento Ambiental, encarregada de fazer a coleta de lixo do município. O problema é que a empresa deu baixa na Receita Federal em 2018, portanto, mesmo fantasma, continuou recebendo repasse público. 

Quem deu o aval para o contrato foi o próprio Bruno Figueiredo. 

Entenda

 Em 2019 e 2020, a Eco V já tinha fechado e não tinha mais certidões, mas, mesmo assim, continuou recebendo, totalizando montante de R$7.215.652,03.

Veja os gastos que o prefeito teve com a Eco V em quatro anos: 

2017 – R$2.108.731,23 

2018 – R$4.213.982,00 

2019 – R$4.523.036,52 

2020 – R$2.692.615,51 

Total – R$13.538.365,30 

Confira documentos





O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) em Pacajus deve apurar o destino dado ao dinheiro pago e também identificar como, sem existir, essa empresa conseguiu abrir uma conta numa agência bancária do Banco do Brasil. 

São muitas fraudes a serem investigadas. O prefeito Bruno Figueiredo está seriamente ameaçado de impeachment.

(CN7)




Nenhum comentário: