quinta-feira, 29 de abril de 2021

Mais da metade dos municípios que possuem UTIs no Ceará estão com taxa de ocupação acima de 90%

 

A instalação de UTIs nos municípios, segundo a Sesa, considera aqueles que têm hospitais polos e localizados em cidades com mais de 50 mil habitantes - Foto: Wandemberg Belém

Dos 23 municípios que possuem leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) para atender pacientes com quadros mais graves de Covid-19 no Ceará, 13 ou 56,52% registram taxa de ocupação igual ou superior a 90%.

 

Dentre as 13 cidades, seis apresentam situação ainda mais crítica, com taxa de ocupação de 100%. É o caso de Caucaia, Juazeiro do Norte, Canindé, Crato, Icó e Brejo Santo. Os dados são da plataforma IntegraSUS, gerida pela Secretaria Estadual da Saúde (Sesa) e atualizada às 16h04 desta quarta-feira (28).

 

Em Juazeiro do Norte, há 64 leitos ativos disponíveis para adultos em UTIs do Hospital Regional do Cariri (HRC). Já em Caucaia, há 20 leitos UTI ativos para adultos no Hospital Municipal Abelardo Gadelha da Rocha. Todos ocupados.

 

De acordo com a infectologista e professora da faculdade de Medicina da UFC, Mônica Façanha, já é esperado que em cidades polos como Caucaia e Juazeiro do Norte a maioria ou todos os leitos de UTI estejam ocupados, pois elas costumam receber pacientes de municípios próximos.

 

Estas cidades também concentram um número elevado de habitantes. Consequentemente, os registros de aglomerações são mais comuns, fazendo crescer as infecções pela doença e a procura por assistência médica.

 

Dentre os municípios cearenses com leitos de UTI ativos, Tauá (76,92%), Maranguape (80%) e Redenção (80%) são aqueles que apresentam as menores taxas de ocupação. No Ceará, como um todo, a taxa de ocupação em UTIs chegou a 91,25% no início da noite desta quarta. Já a de enfermaria, ficou em 75,47%.


UTIS INSTALADAS


Embora a Sesa aponte que São Gonçalo do Amarante, Quixadá, Itapipoca e Iguatu estão entre os 23 municípios do Estado a dispor de UTIs, os dados sobre a ocupação de leitos não aparecem contabilizados na plataforma.

 

A instalação de UTIs nos municípios, segundo a pasta, considera aqueles que têm hospitais polos e localizados em cidades com mais de 50 mil habitantes. Cada um, pode receber 10 leitos de UTI, pelo menos.

 

Confira a lista dos municípios com taxa de ocupação igual ou superior a 90%: 

Brejo Santo

Canindé

Caucaia

Crateús

Crato

Eusébio

Icó

Juazeiro do Norte

Limoeiro do Norte

Maracanaú

Quixeramobim

Sobral

Tianguá

(Diário do Nordeste)

 

 

Nenhum comentário: