terça-feira, 31 de agosto de 2021

Ceará registra primeira morte por variante Delta; paciente não tinha sido vacinado

 

Homem tinha obesidade e não tinha se imunizado contra o novo coronavirus (Foto: reprodução)

Um homem de 45 anos de idade, residente em Fortaleza e que estava internado desde o dia 6 de agosto é a primeira pessoa a morrer por conta da variante Delta no estado do Ceará. A informação foi confirmada pela Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa).

 

A vítima faleceu no domingo (29), tinha obesidade e não estava imunizado contra covid-19. Ele estava no grupo de 71% das pessoas infectadas com a variante Delta que não se imunizaram contra o vírus.

 

As autoridades de saúde já identificaram 96 casos da variante Delta, sendo 51 registrados em mulheres e 45, em homens, com predominância na faixa etária de 20 a 39 anos. Todos são monitorados pela Vigilância Epidemiológica do Ceará.

 

Ao todo, 26 pacientes relataram não ter histórico recente de viagens ou contato com viajantes, o que comprova a transmissão comunitária da variante Delta no Ceará. Parte dos casos foram importados, sendo o Rio de Janeiro o estado que mais contribuiu para a transmissão através de pacientes vindos em viagem ao Ceará.

 

 

 

 

Nenhum comentário: