segunda-feira, 21 de março de 2022

Em reunião com Conselho de Governadores do Ceará, Camilo apresenta resultados da gestão e destaca metas do programa “Ceará 2050”.

 

Conhecido como Conselho de Governadores do Ceará, o grupo se reúne para compartilhar ideias e assuntos importantes para o Estado-Foto: divulgação

O governador Camilo Santana (PT) se reuniu nesta segunda-feira, 21, no Palácio da Abolição com os ex-governadores do Ceará. Conhecido como Conselho de Governadores do Ceará, o grupo se reúne para compartilhar ideias e assuntos importantes para o Estado.

Ações prioritárias do Estado, com foco na economia pós-pandemia e eficiência de medidas de médio e longo prazo pautaram a primeira reunião do Conselho de Governadores do Ceará.

Na ocasião, foi assinado emenda à constituição, instituindo o planejamento estratégico estadual de longo prazo como horizonte norteador dos investimentos e orçamento do Ceará. A mensagem vai ser encaminhada a Assembleia Legislativa. Essa foi a primeira reunião do Conselho.

Camilo Santana aproveitou a oportunidade para agradecer a presença dos ex-governadores.

"Momento histórico para nosso estado. Realizamos nesta manhã a 1ª reunião do Conselho de Governadores do Ceará. Trocamos experiências e ideias sobre a gestão pública, e como o estado pode continuar crescendo e se desenvolvendo cada vez mais. Apresentei o Projeto Ceará 2050 aos governadores, que planeja o nosso estado a longo prazo, e que deverá passar a integrar a Constituição do Ceará", escreveu Camilo.

Planejamento pauta primeira reunião do Conselho de Governadores do Ceará - Foto: divulgação

Liderado pelo atual governador, Camilo Santana, o encontro reuniu, seis ex-chefes do Executivo cearense: Gonzaga Mota, Tasso Jereissati, Ciro Gomes, Francisco Aguiar, Lucio Alcantra e Cid Gomes. 

O evento também contou com a presença da vice-governadora, Izolda Cela. Ela deverá assumir a presidência do Conselho, caso se confirme a saída de Camilo do Governo até o final deste mês.

Criado por lei, em julho de 2020, o Conselho de Governadores do Ceará tem previsão de até duas reuniões ordinárias anuais – ou em caráter extraordinário, se assim se justificar.

 

Nenhum comentário: