segunda-feira, 28 de março de 2022

Vereadores rejeitam proposta do executivo municipal e cobram mesa de negociação.

 

Professores rejeitam proposta de reajuste e organizaram pressão a vereadores

Os professores da rede municipal de Moraújo, Região Norte do Estado do Ceará, insatisfeitos com o reajuste salarial proposto pelo prefeito Carlos Àquila decidiram fazer manifestação em frente à Câmara, na tarde da ultima quinta-feira, para fazer suas reivindicações.

 

Os professores acompanharam a sessão da Câmara Municipal durante a votação do projeto – incluído em regime de urgência na pauta da última sessão (dia 24), porém rejeitado pelos parlamentares.

 

Com números apontando sobra de dinheiro da educação no caixa da prefeitura, os vereadores do município de Moraújo rejeitaram a proposta do executivo de reajuste do Piso do Magistério em apenas 10,05% . A categoria ainda não fala em greve, mas cobra a abertura de negociação com o prefeito Carlos Àquila (PDT) e apoio dos vereadores. 


Ouça o que disse Farlúcia Cristino, vereadora de situação, na sessão da câmara de Moraújo, no tocante a proposta do prefeito Carlos Àquila, em reajustar o piso salarial dos professores em apenas 10,05%


Ouça a opinião da vereadora Ana Sara Benício sobre a proposta de reajuste do piso salarial dos professores em 10,05%, apresentada pelo prefeito de Moraújo, Carlos Áquila.


 

 

Nenhum comentário: