sexta-feira, 8 de julho de 2022

Microcrédito cresce 11% no período de São João e impulsiona a economia do Ceará

 

            Crédito ajuda empreendedores a se recuperar de cenário adverso


A demanda por crédito para investir no próprio negócio no período junino, sobretudo nos setores de alimentação e confecção, provocou um incremento de 11% do volume concedido pelo Santander Brasil a microempreendedores no mês de maio. As mulheres são as que mais procuram o programa Prospera Microfinanças, respondendo por 65% dos tomadores.

 

Conhecido pelas festas de São João, o Ceará foi recordista no consumo de microcrédito no País, com R$ 74,4 milhões desembolsados no mês de maio. Três regiões se destacaram: Cariri com crescimento de 14%, e R$ 24,3 milhões em empréstimos; A Região Metropolitana registrou uma elevação de 12%, com R$ 25,7 milhões concedidos; e o interior com 8% de incremento, sendo R$ 23,4 milhões em crédito.

 

“A festa de São João é um patrimônio brasileiro. Além do divertimento e da disseminação da cultura nordestina, gera renda para milhares de pessoas e movimenta a economia local. Após dois anos sem ser realizada, é nossa obrigação contribuir para essa retomada”, comenta Alexandre Castelano, superintendente executivo do programa Prospera Santander Microfinanças.

 

As festas juninas ocasionaram um recorde de desembolso em todo o Brasil, chegando em R$ 338,1 milhões, 11% a mais se comparado ao mês de abril.

 

O programa Prospera Santander Microfinanças chegou a R$ 2,1 bilhões em carteira e 121 lojas dedicadas ao empreendedor no País. O projeto faz parte da estratégia do Banco, no Brasil, de interiorização e geração de oportunidades com foco principal nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste. Atualmente, são 775 mil clientes ativos.

 

O Prospera Microfinanças atua no modelo de aval solidário, no qual os tomadores de recursos são reunidos em grupos de até quatro empreendedores que se tornam responsáveis pela adimplência de cada um.

Assessoria de Imprensa Santander Nordeste/Norte/Espírito Santo

Colaborou: Kauê Diniz

 

 

Nenhum comentário: