teste

terça-feira, 17 de dezembro de 2019

Em meio a pressões, líder do governo descarta retirar a reforma da Previdência do Estado


Foto: José Leomar
Deputados da base ficaram constrangidos, hoje (17), e reclamaram com o líder do governo Júlio César Filho (Cidadania) na votação de um requerimento para dar urgência à tramitação da PEC da Previdência estadual. Ao todo, oito aliados, incluindo os do PT e PC do B, que estavam no plenário, votaram para derrubar a urgência. Os que deram a “cara a bater” lamentaram.

“A retirada está fora de cogitação”.

Em meio a críticas da oposição e pressão de servidores para retirar a urgência dos projetos de reforma da Previdência estadual, líder do governo na Assembleia, disse nesta terça (17), que o Projeto pode ser votado ainda antes do Natal.

Deputados da base aliada do governador Camilo Santana estão revoltados mesmo é com os deputados do PT. Segundo um deles, parlamentares só “querem o bônus. Na hora do ônus, caem fora”, disse em relação à Previdência estadual.

*PONTOPODER





Nenhum comentário: