teste

terça-feira, 17 de dezembro de 2019

Juiz cearense assume Vice-Presidência da Escola Nacional da Magistratura


O juiz Ângelo Bianco Vettorazzi é o novo vice-diretor presidente da Escola Nacional da Magistratura (ENM), com sede em Brasília. O magistrado levará sua experiência de três anos como coordenador-geral da Escola Superior da Magistratura do Ceará (Esmec) para a nova função.

“A amplitude do desafio é levar a Escola Nacional da Magistratura a mais de 13.500 magistrados de todos os segmentos do Poder Judiciário do país. A experiência adquirida na Esmec, cujo reconhecimento se faz nacionalmente, norteará as ações acadêmicas e de gestão necessárias ao desempenho do cargo”, destacou o juiz. Ele foi indicado pelo Conselho Executivo da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) e permanecerá no cargo pelo período de três anos.

O magistrado informou que a ENM tem como principais funções a formação continuada e o aprimoramento cultural dos magistrados como de suma importância para qualificar a atuação jurídica com temas próprios e proporcionar a compreensão da realidade por temas transversais.

Órgão vinculado à AMB, a ENM desempenha o papel de orientadora da atuação das demais Escolas da Magistratura no país. Além disso, oferta cursos de especialização e aperfeiçoamento cultural, jurídico e humanístico com o objetivo de aprimorar os sistemas de seleção, formação de magistrados.

O diretor-presidente da Escola Nacional da Magistratura (ENM), Sérgio Ricardo de Souza, apresentou no último dia 11, em Brasília, a nova Diretoria, que tem como diretor-presidente o desembargador Caetano Levi Lopes.

Também participaram da reunião o vice-presidente de Assuntos Trabalhistas da AMB, Maurício Drummond; a diretora-adjunta da Justiça Eleitoral, Patrícia Cerqueira, que assume na nova gestão como coordenadora-geral da Escola; a diretora-adjunta da Justiça Trabalho, Claudia Marcia Carvalho Soares; o tesoureiro da Escola, e Rogério Rodrigues de Almeida, que se manterá no cargo.
*Fonte: TJCE


Nenhum comentário: