segunda-feira, 14 de dezembro de 2020

DNIT irá resolver o problema dos viadutos abandonadas na BR 222 em Tianguá

 

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) assinou o contrato com a empresa responsável por retomar viadutos abandonados na BR-222 no município de Tianguá. O extrato do contrato foi publicado, na quarta-feira (9), no Diário Oficial da União (DOU).

 

Os serviços contratados são a execução das obras remanescentes de adequação de capacidade e eliminação de pontos críticos na região, e contempla a duplicação da BR-222/CE, do segmento compreendido entre o km 309,25 e km 315,8, em um total de 6,52 quilômetros de extensão.

 

Responsável por interligar os municípios de Fortaleza e Tianguá, o segmento a ser duplicado também faz a ligação com o Estado do Piauí, do Maranhão e com a Região Norte do país. No âmbito interno, o segmento engloba o entroncamento com a Rodovia Estadual CE-187, via de acesso aos municípios da Região da Ibiapaba, como Viçosa do Ceará e Ubajara, importantes polos turísticos e econômicos do estado.


 Com um investimento previsto de R$ 66.123.320,74, a obra tem prazo de execução total de 360 dias consecutivos, contados a partir da expedição da Ordem de Início dos Serviços emitida pela Autarquia após a formalização da contratação.

 

Bom lembrar a luta dos parlamentares cearenses que a tempos clamam por essa obra. Ano passado, os deputados federais Leônidas Cristino e Junior Mano, membros da Comissão Externa de Conclusão das Obras Públicas Paralisadas e Inacabadas trouxeram a presidente da Comissão, deputada Flávia Morais (PDT-GO) para conhecer o problema de perto, e assim agilizar o relatório que deu agilidade a liberação da obra.

(com informações do DNIT)

 

Nenhum comentário: