quinta-feira, 17 de dezembro de 2020

Ministério Público pede cassação dos dois vereadores eleitos pelo PSB em Granja por fraude eleitoral a cota de gênero

 

O Promotor Eleitoral começou as investigações o mesmo encontrou diversas provas de que a candidatura de uma das candidatas a Vereadora pelo PSB de Granja/CE seria fictícia. 

O Ministério Público Eleitoral da 25ª Zona Eleitoral do Estado do Ceará, na pessoa do Promotor Eleitoral, Dr. Victor Borges Pinho, entrou com Ação de Investigação Judicial Eleitoral contra o Partido Socialista Brasileiro – PSB de Granja/CE e contra todos os candidatos a Vereadores do mesmo partido, quais sejam: “Rosângela Simplício”, “Mentinha do Deoclécio”, “Chico Ézio”, “Leandro Fontenele”, “Kelbia”, “Augusto César”, “David Rodrigues”, “Jânio do Alho”, “Eudes da Rádio”, “Pereyra Barros”, “Expedito Almeida”, “Vanderleia”, “Marlene Angelim”, “Pipoca”, “Subtenente Araújo”, “Fernando Oliveira”, “Carlos Alfredo”, “Lourdes Sousa” e “Jackeline Patrícia” por Fraude/Ilegalidade Eleitoral a Cota de Gênero.


Entenda

 

O PSB de Granja apresentou à justiça eleitoral a lista de seus candidatos a Vereadores contendo 13 homens e 06 mulheres, o que em tese cumpria o percentual mínimo legal de 30% da cota mínima por gênero. Ocorre que depois das eleições municipais o Ministério Público Eleitoral abriu investigação para apurar eventuais candidaturas fictícias/fantasmas.

 

Posteriormente, tão logo o digno Promotor Eleitoral começou as investigações o mesmo encontrou diversas provas de que a candidatura a Vereadora pelo PSB de Granja/CE – “Rosângela Simplício” seria fictícia em razão dos seguintes motivos: - a candidata não registrou nenhuma despesa de campanha; - não fez qualquer propaganda eleitoral em prol de seu nome em nenhuma rede social, pelo contrário, ficou constatado que ela e seu companheiro eram apoiadores do candidato a Vereador “Chico Ézio”; e – senão bastasse a Candidata não teve sequer seu próprio voto, já que zerou nas urnas!

 

Não há dúvidas, diante de todas as provas, de que o PSB de Granja/CE e todos os seus candidatos a Vereadores fraudaram as eleições municipais proporcionais e incorreram em Abuso de Poder e Ilicitude Eleitoral, e em razão disso o Ministério Público Eleitoral pede a invalidação de todas as candidaturas, a inelegibilidade por 8 anos de todos os candidatos a Vereadores do PSB, o que poderá tornar todos inelegíveis, bem como a Cassação dos Diplomas e Mandados dos Eleitos.

 

Com Informações do Blog Sobral de Prima

 

 

Nenhum comentário: