sexta-feira, 27 de agosto de 2021

Camilo sanciona lei que pune servidores públicos que se recusarem a tomar vacina contra covid

 

Servidor que se recusar a tomar a vacina precisa apresentar justificativa médica (Foto: Aurélio Alves)


O governador Camilo Santana (PT) sancionou na noite desta sexta-feira (27), a lei que regulamenta sanções contra servidores públicos estaduais que se negarem a tomar vacina contra a covid-19. A assinatura do documento foi feita na presença do presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Evandro Leitão (PDT).

 

“É muito importante que o servidor se vacine para proteger não apenas a si mesmo, mas os seus familiares e também a sociedade, uma vez que a natureza do serviço público prevê contato direto com a população. Só com a vacinação em massa conseguiremos superar de vez essa pandemia”,  afirma o governador.

 

A lei prevê três níveis de sanções, indo desde a advertência, passando pela suspensão, podendo culminar na exoneração do cargo exercido. Para não tomar a vacina contra covid, o servidor deve apresentar uma justificativa médica que o ampare em sua decisão.

Nenhum comentário: