terça-feira, 8 de março de 2022

Vídeo: prefeito de Itaituba aparece embriagado, sem camisa e saindo carregado de festa no Pará

 

Vídeo mostra prefeito de Itaituba, no PA, embriagado, sem camisa e saindo carregado de festa, após falas machistas — Foto: Redes sociais/Reprodução

Vídeos em que o prefeito de Itaituba, Valmir Climaco(MDB), no sudoeste do Pará, aparenta estar embriagado circularam nas redes sociais e geraram polêmica. Nas imagens, ele está sem camisa e máscara de proteção contra a Covid-19 e faz declarações machistas durante um show, no último sábado (5).

 

Durante o evento, Valmir Climaco aponta para as mulheres e diz: "vou comer aquela, vou comer mais de 20". "Pensa num lugar que tem tanta rapariga boa, aqui tem", completa.


O político alegou que a "repercussão do caso foi exagerada" - veja mais abaixo.

 

As falas do prefeito repercutiram nas redes sociais e também entre políticos paraenses. A deputada Marinor Brito (Psol) disse que as declarações são "inaceitáveis".

 

"Não podemos permitir que comportamentos como esse continuem. Basta de machismo e misoginia!", ela publicou em perfil do Twitter.

Deputada critica declarações de prefeito de Itaituba, no Pará. — Foto: Reprodução / Twitter

Conforme o g1, o prefeito disse que as "críticas vêm de pessoas que nem em Itaituba moram", que é visto na cidade "como um ser humano como qualquer outro".

 

Sobre ter chamado as mulheres de "raparigas", ele disse que quis dizer que as mulheres são bonitas e afirmou ainda que a "repercussão foi exagerada": "Acho que a única pessoa que não devia gostar é a minha esposa".

Prefeito de Itaituba, Valmir Climaco durante evento na cidade — Foto: Redes sociais/Reprodução

Esta não é a primeira vez que o prefeito Valmir Clímaco, do MDB, protagoniza cenas de embriaguez.

 

Em novembro de 2020, logo após as eleições, um vídeo dele circulou pelas redes sociais, mostrando-o comemorando sem camisa, bebendo e dançando, sem máscara em festa com aglomeração na cidade.


Antes das eleições, o prefeito havia dito que comemoraria com cautela, mas acabou descumprindo uso obrigatório de máscaras e proibição a todo ato político que promova aglomerações, determinada pelo Tribunal Regional Eleitoral do Pará. Assista ao vídeo:

(G1/PA)



Nenhum comentário: