sexta-feira, 8 de julho de 2022

“Era nosso aliado ou é nosso aliado, não sei”, diz Ciro Gomes sobre Camilo Santana

 

Camilo Santana e Ciro Gomes (Foto: Tapis Rouge)

O pré-candidato à Presidência Ciro Gomes (PDT), em entrevista nesta sexta (8) ao podcast Avesso, disse ter dúvidas se Camilo Santana (PT) continua sendo um aliado.

 

“O Lula é tão irresponsável que tá lá se acertando com o Eunício, já pegou o governador de lá (Camilo Santana) e até já prometeu que ele vai ser ministro. E era nosso aliado, ou é nosso aliado, ainda não sei direito como é que vai desdobrar isso lá”, disse Ciro ao podcast.

 

O presidenciável também falou de “ameaça” bolsonarista, referindo-se ao pré-candidato deputado federal licenciado Capitão Wagner (União Brasil), quando questionado sobre o prosseguimento de seu projeto político no Ceará.

 

“Tá ameaçado o nosso projeto hoje. Hoje tá ameaçado por uma coisa muito ruim, bolsonarista, um capitão (Wagner) que liderou um motim e tal”, disse Ciro.

 

A aliança entre PT e PDT, a cada dia que passa, vem demonstrando sinais de rompimento. O PDT tem se mobilizado entorno da polarização entre as pré-candidaturas da governadora Izolda Cela e do ex-prefeito de Fortaleza Roberto Cláudio.

 

Izolda conta com o apoio do ex-governador do Ceará Camilo Santana. Já Roberto, conta com o apoio de Ciro Gomes. O ex-ministro já disse em outra ocasião que o vice-presidente nacional do PT, José Guimarães “seja feliz”, caso o partido petista não aceite a indicação do PDT para a disputa eleitoral em outubro.

 

Os outros dois pré-candidatos, o presidente da Assembleia Legislativa, Evandro Leitão, e o deputado federal Mauro Filho correm por fora nessa disputa.

(O Otimista)



Nenhum comentário: